Prova

Prova Parcial de Física 1° ANO A
Nome___________________________N°

1. Sentado em um ponto de ônibus, um estudante observa os carros percorrerem um quarteirão (100m). Usando um relógio de pulso, ele marca o tempo gasto por 10 veículos para percorrerem essa distância. Suas anotações mostraram:

 


a) Os valores da maior e menor velocidade média;

b) Quais veículos tiveram velocidade média acima da velocidade máxima permitida de 16,7 m/s.

2. Um veículo percorreu a seguinte trajetória ABCD, onde, AB=100m, BC= 200m CD= 300m . Os intervalos de tempo decorridos nos trechos são respectivamente: AB =2,0s, BC=5,0s e CD=5,0s. Pergunte-se: Quanto tempo ele demorou em todo o percurso ABCD e quantos metros el percorreu?

3. Durante o estudo de um determinado movimento, foram obtidos os dados mostrados na tabela a seguir:
 
Essa tabela mostra o espaço s do móvel em cada correspondente instante de tempo t. Com base nesses dados construa um gráfico o espaço em função do tempo.

4. Um ponto material percorre uma trajetória retilínea à qual se associa um eixo coordenado. Seu movimento é descrito pela tabela abaixo, onde a linha  t (s) representa os instantes em segundos, e a linha s (m), as posições em metros ocupadas pelo ponto material nesses instantes:
 
Determine o módulo do deslocamento e da velocidade média desse móvel nos intervalos de tempo:
a) de 0 a 2,0 s;
b) de 2,0 a 4,0 s;
c) de 4,0 a 6,0 s;
d) de 6,0 a 8,0 s

5. Um automóvel parte do km 12 de uma rodovia e desloca-se sempre no mesmo sentido até o km 90. Aí chegando, retorna pala mesma rodovia até o km 20.
Calcule a variação do espaço:
a) na ida;
b) na volta;



 
 

Prova Parcial

Nome________________________________________N°____Serie 1°Ano B

1. A seguinte tabela, contendo valores de v e t, foi obtida durante um certo trecho da viagem.
 

Construa um gráfico velocidade (v) e tempo  (t) com os valores obtidos acima.

2. Um motociclista partiu do km 10 de uma rodovia àsn8 horas da manhã (t1) e chegou ao km 250 às 12 horas (t2). Imediatamente, ele iniciou sua viagem de volta, retornando ao km 10às 14 horas (t3). Calcule a velocidade escalar média do motociclista entre os instantes:
a) t1 e t2;
b) t2 e t3;
c) t1 e t3;

3. Qual a condição para que, num determinado intervalo de tempo, a velocidade média seja igual à velocidade em qualquer instante?

4. Suponha que, durante um teste, um carro acelera de 0 a 30 m/s num intervalo de tempo de 10 s. Determine a aceleração escalar média desse veículo em m/s2.

5. Um drasgter, carro construído especialmente para comptetições curtas em que o fator predominante é a aceleração. Ele pode atingir a velocidade de 150 m/s em 4,5 s, a partir do repouso. Nesse caso, qual é o módulo da sua aceleração méida em m/s2?

 
 

Prova parcial

Prova Parcial de Física
Nome __________________________N°________Série 2° ANO A

1. Um gás perfeito sofre uma expansão isobárica, trocando com o meio externo 500 cal em forma de calor e 300cal em forma de trabalho. Determine a variação da energia interna do sistema.

2. A 1a Lei da Termodinâmica, aplicada a uma transformação gasosa, se refere à:
a) Conservação de massa do gás.
b) conservação da quantidade de movimento das partículas do gás.
c) relatividade do movimento de partículas subatômicas, que constituem uma massa de gás.
d) conservação da energia total.
e) expansão e contração do binômio espaço-tempo no movimento das partículas do gás.

3. Uma porção de gás perfeito está confinada por um êmbolo móvel no interior de um cilindro. Ao receber 20kcal de calor do meio externo, o êmbolo sobe e o gás realiza um trabalho equivalente a 12 kcal. Aplicando a 1a Lei da Termodinâmica, determine a variação sofrida pela energia interna desse gás.

4. Uma quantidade de calor correspondente a 250 cal é transferida a um sistema . Nesse processo, verifica-se que o sistema se expande, realizando um trabalho de 300 J e aumentando sua energia interna. Calcule a variação da energia interna do sistema, adotando 1 cal = 4,2 J.

5. Certa massa de gás perfeito realiza, ao se expandir, um trabalho de 250 Joules. Se durante esse processo, o gás recebeu 400joules na forma de calor de uma fonte térmica, qual a vaiação sofrida por sua energia interna?

 
 

movimento acelerado

1. Movimento Acelerado

Para um corpo estar em movimento variado é necessário que sua velocidade escalar instantânea varie no decorrer do tempo. Agora se em certo intervalo de tempo o corpo aumenta a sua velocidade, ou seja, o módulo da sua velocidade escalar instantânea for sempre crescente, seu movimento variado será acelerado. Podemos observar esse movimento acelerado no velocímetro de um automóvel que varia sua velocidade.


Movimento Acelerado

Um movimento é acelerado quando o módulo da velocidade escalar instantânea é sempre crescente com o passar do tempo.


type="text/javascript"> src="http://pagead2.googlesyndication.com/pagead/show_ads.js" type="text/javascript">

 
 

revisão


 


 



1. SEU OLHAR
(GILBERTO GIL,1984)
Na eternidade
Eu queria te
Tantos anos-luz
quantos fosse precisar
Pra cruzar o túnel
Do tempo do seu olhar

GILBERTO GIL usa na letra da música a palavra composta anos-luz.O sentido pratico, em geral,não é obrigatoriamente o mesmo na ciência.Na física,um ano-luz é uma medida que relaciona a velocidade da luz e o tempo de um ano e que, portanto,se refere a:

a) tempo
b) aceleração
c) distância
d) velocida
e) luminosidade.

2. As cidades de Quinto e Cingapura encontras--se próximas á linha do equador e em pontos diametralmente oposto no globo terrestre. Considerado o raio da terra igual a 6370 km, pode-se afirmar que um avião saindo de Quinto,voando em média 800km/h,descontando as paradas de escala,chega a Cingapura em aproximadamente:

a) 16 horas
b) 20 horas
c) 25 horas
d) 32 horas
e) 36 horas

3. Para o registro de processos naturais e sociais devem ser utilizados diferentes escalas de tempo. Por exempolos, para a datação do sistemas solar é necessario uma escala de bilhoẽs de anos, enquanto que, para a historia do Brasil, basta uma escala de centenas de anos.
Assim, para estudos relativos ao surgimento da vida no planeta e para os estudos relativos ao surgimentos da escrita, seria adquado utilizar, respectivamente, escalas de:

 

4.
DOCUMENTO I DOCUMENTO II
 


 


Considerando os dois documentos, podemos afirmar que a natureza do pensamento que permite a datação da terra é de natureza:

a) científica no primeiro e mágica no segundo.
b) social no primeiro e politico no segundo
c) religiosa no primeiro e cientifica no segundo
d) religiosa no primeiro e econômica no segundo
e) matemática no primeiro e algébica no segundo.
5.Dados divulgados pelo Instituto nacional de pesquisas Especias
mostram o processo de ddvastação sofrido pela Região
Amazonica entre agosto de 1999 e agosto de 2000.analizando fotos de satélites, os especialistas concluiram que,nesse perŕiodo sumiu do mapa um total de 20000 quilômetro quadrados de floresta. um orgão de impresa notificou o fato com seguinte texto;

O assustador ritmo de destuição é de um campo de futibol a cada oito segundos.

Considerando que um ano tem aproximadamente 32 . 10 6s (trinta e dois milhões de segundos) e que a medida da área oficial de um campo de futibol é aproximadamente 10 km 2(um centésimo de quilometro quadrado), as informaçoes apresentada nessa noticia permitem concluir que tal ritma de desentados em um ano, implica a destruição de uma área de:

a) 10000 km2 e a comparação da idade de que a devastação não é tão grave quanto ovdado numérico nos indica.
b) 10000 km2, e a comparação dá idade de que a devestação é mais grave do que o dado numérico nos indica.
c) 20 000 km2, é a comparação retrata exatamente o ritmo de destrição.
d) 40 000 km2, eo autor da noticia exagerou na comparação, dando falsa impressão

 
 

1ª Lei da Termodinâmica

´

1ª Lei da Termodinâmica

 Chamamos de 1ª Lei da Termodinâmica, o princípio da conservação de energia aplicada à termodinâmica, o que torna possível prever o comportamento de um sistema gasoso ao sofrer uma transformação termodinâmica.

 
 

´´

Um sistema não pode criar ou consumir energia, mas apenas armazená-la ou transferi-la ao meio onde se encontra, como trabalho, ou ambas as situações simultaneamente, então, ao receber uma quantidade Q de calor, esta poderá realizar um trabalho http://www.sofisica.com.br/conteudos/Termologia/Termodinamica/figuras/1lt1.GIFe aumentar a energia interna do sistema ΔU, ou seja, expressando matematicamente

 
 

Enunciado de Kelvin-Planck:

 

  • Enunciado de Kelvin-Planck:

É impossível a construção de uma máquina que, operando em um ciclo termodinâmico, converta toda a quantidade de calor recebido em trabalho.

Este enunciado implica que, não é possível que um dispositivo térmico tenha um rendimento de 100%, ou seja, por menor que seja, sempre há uma quantidade de calor que não se transforma em trabalho efetivo.

 
 

2ª Lei da Termodinâmica

2ª Lei da Termodinâmica

Dentre as duas leis da termodinâmica, a segunda é a que tem maior aplicação na construção de máquinas e utilização na indústria, pois trata diretamente do rendimento das máquinas térmicas.

Dois enunciados, aparentemente diferentes ilustram a 2ª Lei da Termodinâmica, os enunciados de Clausius e Kelvin-Planck:

 
 

Enunciado de Kelvin-Planck:

 

  • Enunciado de Kelvin-Planck:

É impossível a construção de uma máquina que, operando em um ciclo termodinâmico, converta toda a quantidade de calor recebido em trabalho.

Este enunciado implica que, não é possível que um dispositivo térmico tenha um rendimento de 100%, ou seja, por menor que seja, sempre há uma quantidade de calor que não se transforma em trabalho efetivo.

 
 

Maquinas térmicas

 

 

Maquinas térmicas

As máquinas térmicas foram os primeiros dispositivos mecânicos a serem utilizados em larga escala na indústria, por volta do século XVIII. Na forma mais primitiva, era usado o aquecimento para transformar água em vapor, capaz de movimentar um pistão, que por sua vez, movimentava um eixo que tornava a energia mecânica utilizável para as indústrias da época.

Chamamos máquina térmica o dispositivo que, utilizando duas fontes térmicas, faz com que a energia térmica se converta em energia mecânica (trabalho

A fonte térmica fornece uma quantidade de calor que no dispositivo transforma-se em trabalho mais uma quantidade de calor que não é capaz de ser utilizado como trabalho .

Assim é válido que:

Utiliza-se o valor absolutos das quantidade de calor pois, em uma máquina que tem como objetivo o resfriamento, por exemplo, estes valores serão negativos.

Neste caso, o fluxo de calor acontece da temperatura menor para o a maior. Mas conforme a 2ª Lei da Termodinâmica, este fluxo não acontece espontaneamente, logo é necessário que haja um trabalho externo, assim:

 
 

..

A fonte térmica fornece uma quantidade de calor que no dispositivo transforma-se em trabalho mais uma quantidade de calor que não é capaz de ser utilizado como trabalho .

Assim é válido que:

Utiliza-se o valor absolutos das quantidade de calor pois, em uma máquina que tem como objetivo o resfriamento, por exemplo, estes valores serão negativos.

Neste caso, o fluxo de calor acontece da temperatura menor para o a maior. Mas conforme a 2ª Lei da Termodinâmica, este fluxo não acontece espontaneamente, logo é necessário que haja um trabalho externo, assim:

 
 

As Leis da Termodinâmica

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Visitante número: